5 Formas de Produzir Conteúdo para a Internet

Seja você um criador ou um profissional de marketing, produzir conteúdo para internet deve ser uma tarefa fundamental do seu dia-a-dia.

Mesmo que existam diversas formas de se produzir conteúdo (o que pode te deixar maluco com tantas formas), existem algumas maneiras mais indicadas para quem quer começar.

Por isso, vamos apresentar 5 formas simples de produzir conteúdo para internet. Essas dicas vão te ajudar a sair do papel e colocar em prática.

Continue comigo.

Por que produzir conteúdo para internet?

Porque se não produzir você não vai ganhar o jogo.

Para alcançar seus objetivos de marketing, é preciso estar presente de forma consistente no digital e isso passa pela produção de conteúdo.

Portanto, inevitavelmente, você vai precisar produzir conteúdo para o seu site e redes sociais se quiser ganhar clientes.

Logo, não adianta pensar que você é diferente de todas as grandes marcas que estão investindo em seus esforços de produção de conteúdo digital.

Elas investem milhões criando ou patrocinando conteúdos digitais para ampliar sua presença digital.

Quantas vezes você já não viu um podcast ou blog de uma grande marca global?

Agora, você sabe por que elas investem tanto para produzir conteúdo para internet?

Porque funciona.

Milhões de acessos em seus sites e redes sociais significam muitos milhares de potenciais novos clientes para seus produtos.

Então, você deve ter o mesmo esforço, dadas as proporções, para criar canais de receita para seu negócio ou empresa que representa.

Como produzir conteúdo para internet

Agora que eu consegui te convencer da importância de produzir conteúdo para internet, vamos entender como de fato você pode começar.

Trouxemos 5 formas simples de produzir conteúdo, pensando em quem está começando e deseja o menor atrito possível.

Artigos para blog

Uma das maneiras mais fáceis de começar a produzir conteúdo para internet é com um blog.

Um blog é relativamente fácil de configurar e com um custo muito baixo.

Ferramentas como WordPress ou Wix podem te ajudar a configurar um blog em minutos.

Além disso, você pode escrever sobre o que você quiser.

O ideal, claro, é que você combine um assunto que você gosta com algo que você sabe.

Essa interseção cria algo único. Logo, você terá mais chances de atrair uma audiência que se torne fiel.

O conteúdo em texto também é muito valorizado pelos mecanismos de pesquisa como o Google.

Com um blog ativo e consistente, você tem muito mais chances de ficar bem posicionado nas pesquisas. E, por isso, tem mais chances de ter uma maior presença digital também.

Por fim, uma dica que sempre recomendamos é a de tentar começar um blog com um endereço de domínio próprio, evitando terceiros como Medium, Blogger ou outros.

Isso porque essa estratégia tem um impacto importante na sua autoridade digital no futuro.

Se quiser se aprofundar nesse assunto, comece pelo nosso conteúdo sobre SEO (Search Engine Optimization).

Artigos para Linkedin

Caso começar um blog com domínio próprio seja um desafio para você, nós recomendamos começar pelo Linkedin.

O Linkedin é hoje a maior rede social profissional do mundo.

Hoje, são mais de 830 milhões de usuários no mundo e mais de 50 milhões só no Brasil.

Por isso, ela é uma plataforma ideal para produzir conteúdo para internet e alcançar a pessoa-chave que pode comprar o seu produto ou serviço.

Além disso, se você é um Creator, o Linkedin oferece diversos incentivos para que você produza conteúdo na plataforma e seja um parceiro

Logo, é uma ótima maneira de encontrar as marcas e as pessoas responsáveis por elas no digital.

Vídeos para Instagram ou Tiktok

O vídeo é o formato de conteúdo mais consumido no mundo atualmente.

Mais de 90% de todo conteúdo consumido na internet é em vídeo.

Porém, com vídeo é mais complicado de começar.

Mesmo que os smartphones de hoje em dia deem conta do recado, você precisa considerar algumas coisas importantes como:

  • Iluminação adequada;
  • Áudio de boa qualidade;
  • Ambiente sem muitos ruídos;
  • Edição que gere engajamento do espectador.

Se quiser saber mais, assista esse guia do video marketing (57min).

Isso significa um investimento maior. Não apenas de dinheiro para comprar equipamentos, como também de tempo e energia.

O Tiktok é a maior rede social do mundo com mais de 2 bilhões de usuários.

E ficou famosa pelos seus vídeos interativos com as “dancinhas“. Mas, você não precisa seguir o mesmo modelo para chamar a atenção.

Aliás, essa é uma maneira muito superficial de chamar a atenção.

Veja, não é porque um vídeo de dança possui milhões de visualizações que ele necessariamente venda mais.

Seu objetivo como profissional de marketing ou criador é converter mais e não apenas atrair uma audiência superficial.

Portanto, se decidir produzir vídeos para o Instagram ou Tiktok, pense no seu cliente ideal:

  • O que ele gostaria de consumir?
  • Que tipo de conteúdo faria ele se tornar meu cliente?
  • Por que ele compraria de mim e de nenhum outro concorrente?

Essas perguntas importantes vão guiar a sua produção de vídeo.

Podcasts

Se gravar vídeos é complicado demais para você, opções não faltam.

Os podcasts são uma ótima forma de produzir conteúdo para internet sem muitos esforços de preparo, como o vídeo.

Os podcasts tiveram uma ascensão no consumo e o Brasil se tornou um dos países que mais consomem esse tipo de conteúdo no mundo.

Para produzir um podcast, você precisa de:

  • Um microfone de qualidade;
  • Uma plataforma para hospedar seu conteúdo.

Simples, não?

E isso fica ainda mais fácil com plataformas como a Anchor do Spotify.

Com ela, você pode gravar, editar e publicar seu podcast no Spotify em um único lugar.

O que é interessante nesse tipo de conteúdo é que você não precisa necessariamente ter outra pessoa com você (apesar de serem os podcasts mais interessantes).

Você pode começar a produzir sozinho, contando histórias ou dando palestras curtas sobre seus conhecimentos.

Além disso, se você quiser avançar um pouco mais depois, pode começar a gravar seus podcasts e transformá-los em vídeo, combinando dois canais de produção de conteúdo.

Vídeo para Youtube

Aproveitando o gancho de gravar podcasts, vamos falar de vídeos para Youtube.

Você sabia que o Youtube é o segundo maior mecanismo de pesquisa do mundo?

Sim, perdendo apenas para o Google Pesquisa.

Logo, estar presente no Youtube é uma ótima forma de produzir conteúdo para internet.

No Youtube você pode produzir vídeos mais longos, mais completos e que são essenciais em uma estratégia de fundo de funil.

O desafio desse tipo de conteúdo é a concorrência massiva dos milhões de vídeos que são colocados na plataforma diariamente.

Você precisa de uma boa pesquisa e de um bom trabalho de SEO no Youtube para poder ter vantagem com seu canal.

Por isso, vamos lembrar que a melhor forma de fazer isso é criando a interseção entre o que você é bom e o que você gosta muito de falar sobre.

Assim, vai ser difícil alguém concorrer com você por ter criado um tipo de conteúdo único.

Comece a produzir conteúdo para internet hoje

E aí, gostou dessas ideias?

Que tipo de conteúdo para internet você vai começar a produzir?

Compartilhe esse conteúdo com o seu time e comece hoje mesmo a planejar sua presença digital.

E conte com a Marfin para poder escalar essa produção de conteúdo para sua marca.

Ivan Cordeiro Junior
Ivan Cordeiro Junior
CEO e Fundador da Marfin. Engenheiro de Software e Especialista em Marketing Digital com mais de 10 anos de experiência de mercado e dezenas de formações internacionais, incluindo Google e Meta (Facebook).

Compartilhe:

Você também pode gostar: