Marketing Multínivel: O que é e quando usar essa estratégia

O Marketing Multinível é uma estratégia de marketing que envolve criar diversos níveis de hierarquia de pessoas para se obter ganhos financeiros.

GRUPO DE TELEGRAM MARFIN

Essa estratégia funciona através do recrutamento de novas pessoas interessadas em vender um determinado produto ou serviço.

Vamos entender o que é essa estratégia e como ela pode funcionar para o seu negócio.

O que é marketing multinível?

O marketing de vários níveis ou multinível é uma estratégia que se resume a de fato criar vários níveis entre os participantes, a fim de vender mais produtos.

Ele funciona como a criação de um exército de vendedores do produto que você deseja trazer ao público.

Nesse sentido, a tarefa principal no marketing multinível é recrutar novos membros para que fiquem abaixo de você, em um esquema conhecido como “pernas”.

Geralmente, você tem o objetivo de recrutar duas novas pessoas para entrarem no programa de multinível. Essas são pessoas serão chamadas de “pernas”.

Assim, as pessoas que você recrutou tem o objetivo de chamar mais duas novas pessoas abaixo delas e assim por diante.

Nesse tipo de estratégia de marketing, cada novo recruta precisa adquirir uma cota de produtos para vender ao entrar no programa.

Mas, como você foi a primeira pessoa a convidar novos recrutas, você também se beneficia por bônus de recrutamento e com uma comissão das vendas das pessoas abaixo de você.

Contudo, cada programa de multinível pode se diferenciar do outro, com mais ou menos benefícios de recrutamento.

Além disso, as regras podem mudar de um programa para outro.

Vale a pena usar marketing multinível?

O marketing multinível pode ser um grande canal de tração para empresas que vendem produtos físicos.

Graças ao esquema de hierarquia, você pode proporcionar escala nas vendas, uma vez que cada novo membro precisa trazer o dobro de novos vendedores.

Porém, é preciso tomar cuidado ao usar essa estratégia para que ela fique dentro das leis locais.

O marketing multinível é uma estratégia legal do ponto de vista jurídico, desde que não se enquadre em esquemas de pirâmide financeira, como o Esquema Ponzi, por exemplo.

Diferenças entre marketing multinível e pirâmide financeira

A principal diferença entre o marketing multinível e as pirâmides financeiras é que no marketing multinível o novo recruta precisa comprar uma cota de produtos para vender.

Na pirâmide financeira, não existe produto.

A única forma de se ganhar dinheiro é recrutando novas pessoas.

Então, a conta nunca fecha em um esquema de pirâmide. Afinal, os únicos que ganham retorno sobre o investimento são as pessoas que criaram o esquema.

Além disso, em uma pirâmide financeira existem promessas de retornos financeiros fixos e muito acima dos ganhos com investimentos conservadores como Renda Fixa.

Por exemplo, se um programa de multinível oferece retornos de 4 a 5% ao mês (mais de 40% ao ano) como garantido, esse programa tem alto potencial de ser um esquema de pirâmide.

Afinal, na economia, não há como garantir retornos financeiros fixos muito acima da inflação e flutuação natural do mercado.

Por isso, fique atento aos sinais.

Quando usar essa estratégia?

O Marketing multinível é um programa utilizado por grandes marcas no mundo todo como Avon, Natura e Mary Kay.

Funciona muito bem com produtos de consumo, como as empresas de cosméticos mencionadas.

Nesse tipo de programa, um revendedor se filia ao programa, podendo adquirir produtos por um preço abaixo do mercado e então passa a revender com lucro.

Entratanto, em alguns programas existem benefícios por recrutar novos revendedores como bônus por membro inscrito e comissão das vendas desses novos membros.

Isso é o que torna o marketing multinível tão atrativo.

Mas, para usar essa estratégia em sua empresa, você precisa criar regras muito claras e um programa sólido. E isso é o que torna difícil para empresas pequenas que não possuem estrutura para criar um programa desse tipo.

Muitas vezes, é necessário um time dedicado a esse canal. Afinal, é preciso dar suporte aos revendedores, criar peças de marketing e garantir o cumprimento com as leis.

Contudo, se você deseja escalar suas vendas de produtos físicos, vale a pena considerar esse tipo de estratégia para o seu negócio.

Como usar o marketing de vários níveis?

Se você entende que o marketing multinível faz sentido para o seu negócio, pode começar criando as regras do programa.

Pense em como você vai recompensar os participantes do programa e quais os benefícios que eles vão possuir ao adquirir os seus produtos.

Além disso, defina os limites para os novos participantes. Isso é importante, pois se não houverem limites eles podem quebrar leis locais de participação ao acabar criando estruturas que desfavoreçam todos os membros.

Por exemplo, uma regra simples é o limite de quantos novos participantes cada participante pode chamar.

O ideal é criar uma estrutura que dobra abaixo de cada novo membro (não confundir com pirâmide financeira).

Ou seja, cada membro pode recrutar apenas dois novos membros e assim por diante.

Depois, você precisará criar os materiais de marketing para que os revendedores possam usar:

  • Banners,
  • Flyers,
  • Folders,
  • Catálogos,
  • Manuais.

Liste todos os materiais necessários para divulgar o programa.

Por fim, crie o plano de divulgação do programa. Você vai precisar desenvolver esforços de marketing com estratégias de tráfego pago e e-mail marketing para que seu programa fique conhecido.

Assim você pode criar um canal de escala para seu negócio através do marketing multinível.

Agora, se você quer ficar por dentro de mais estratégias como essa e das novidades do marketing digital, eu recomendo que você entre para o nosso Grupo do Telegram.

Nele, você recebe diariamente um resumo com os principais insights mais atuais do marketing.

GRUPO DE TELEGRAM MARFIN
Ivan Cordeiro Junior
Ivan Cordeiro Junior
CEO e Fundador da Marfin. Engenheiro de Software e Especialista em Marketing Digital com mais de 10 anos de experiência de mercado e dezenas de formações internacionais, incluindo Google e Meta (Facebook).

Compartilhe:

Você também pode gostar: