Marketing Educacional: O que é, Tendências e Desafios

Ivan Cordeiro Junior

Que tal ser avisado por e-mail de novos conteúdos como este? Assine a nossa newsletter clicando abaixo:

O marketing educacional é um tipo de marketing que é utilizada por instituições de ensino para promover seus cursos e programas de formação, atraindo novos alunos e fidelizando os existentes.

Além de utilizar as tradicionais técnicas de marketing, o marketing educacional também se beneficia da utilização do marketing digital, como redes sociais, SEO e plataformas de aprendizado online.

Neste artigo, vamos explorar as principais estratégias de marketing educacional, bem como suas métricas de sucesso e as tendências atuais e futuras neste campo em constante evolução.

Tecnologias de marketing digital no marketing educacional

As tecnologias de marketing digital têm se tornado cada vez mais importantes para o marketing educacional.

Afinal, permitem que as instituições de ensino alcancem um público cada vez mais amplo e segmentado.

Algumas das principais tecnologias de marketing digital utilizadas no marketing educacional incluem:

Redes sociais

O marketing de redes sociais, usando plataformas como Facebook, Instagram e LinkedIn, são plataformas excelentes para promover cursos e programas de formação, bem como criar comunidades online de alunos e ex-alunos.

Portanto, uma instituição de ensino precisa estar atenta nas principais plataformas e também nas emergentes. Dentre elas, podemos citar:

E, claro, aproveitar o Whatsapp para se comunicar com os alunos, visto que a ferramenta é o aplicativo mais usado entre os brasileiros.

SEO

O SEO (Search Engine Optimization) é uma estratégia de marketing que visa melhorar o ranqueamento de um site em mecanismos de busca, como o Google.

Ao otimizar o conteúdo de um site para determinadas palavras-chave relacionadas ao ensino, é possível aumentar o tráfego orgânico de potenciais alunos interessados.

Por exemplo, o Descomplica é uma edtech que dobrou o seu tráfego orgânico com estratégias de SEO inteligentes para ranquear em palavras-chave interessantes através da Produção de Conteúdo em escala.

Plataformas de aprendizado online

As plataformas de aprendizado online, como o Coursera e o Udemy, são uma ótima maneira de promover cursos e programas de formação para um público amplo e diversificado.

Além disso, as avaliações e recomendações de outros alunos podem ser um fator decisivo para a escolha de um curso.

Uma instituição de ensino pode criar cursos ou nano-cursos para promover sua marca nessas plataformas.

Ou até mesmo criar a própria plataforma.

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma estratégia eficaz para manter o contato com alunos e ex-alunos, promovendo novos cursos e programas de formação.

Além disso, é possível segmentar a lista de contatos de acordo com interesses e necessidades específicas.

Publicidade online

As plataformas de publicidade online, como o Google Ads e o Facebook Ads, permitem que as instituições de ensino criem campanhas publicitárias segmentadas de acordo com público-alvo e objetivos específicos.

Afinal, essa é uma ótima maneira de atrair alunos no curto prazo, com a possibilidade de mensurar o retorno de investimento.

Estratégias de marketing para atrair alunos para instituições de ensino

Agora que você conhece as principais tecnologias de marketing digital usadas pelas instituições de ensino, vamos pensar em algumas estratégias.

Existem diversas estratégias de marketing que as instituições de ensino podem utilizar para atrair novos alunos. Algumas das principais são:

Oferecer bolsas de estudo

As bolsas de estudo são uma ótima maneira de atrair alunos de baixa renda ou que estejam enfrentando dificuldades financeiras.

Além disso, as bolsas de estudo também podem ser um incentivo para alunos que desejam se destacar academica ou profissionalmente.

Realizar eventos de portas abertas

Os eventos de portas abertas são uma ótima oportunidade para que os potenciais alunos conheçam mais sobre a instituição de ensino e os cursos e programas oferecidos.

Além disso, é possível realizar palestras, oficinas e outras atividades para atrair o interesse dos visitantes.

Por exemplo, você pode promover um dia exclusivo na época de matrículas para incentivar novos alunos a se cadastrarem.

Aproveite para convidar nomes interessantes para palestrar e participar desse dia, atraindo ainda mais pessoas.

Utilizar a força de marketing dos ex-alunos

Os ex-alunos podem ser uma ótima fonte de marketing boca-a-boca para a instituição de ensino.

É importante incentivar os ex-alunos a compartilhar suas experiências e recomendar a instituição de ensino para amigos e conhecidos.

Portanto, você pode fazer isso ao manter contato com os ex-alunos por e-mail marketing ou redes sociais, como vimos.

Participar de feiras e eventos de educação

As feiras e eventos de educação são uma ótima oportunidade para promover a instituição de ensino e seus cursos e programas de formação.

Alguns eventos importantes na área de educação e tecnologia são:

  • SXSW Edu;
  • Congresso Nacional de Educação;
  • ExpoEduc;
  • GEduc.

Utilizar o marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo consiste em criar e compartilhar conteúdo relevante e interessante para o público-alvo da instituição de ensino.

Esse tipo de estratégia pode ser realizada através de blogs, redes sociais, vídeos e outras plataformas online.

O marketing de conteúdo pode ajudar a atrair novos alunos e fidelizar os existentes.

Marketing de conteúdo e seu papel no marketing educacional

O objetivo do marketing de conteúdo é atrair e reter um público, gerando valor e fidelidade.

No marketing educacional, o marketing de conteúdo pode ser utilizado de diversas maneiras, vamos ver algumas delas:

Atrair novos alunos

O marketing de conteúdo pode ajudar a atrair novos alunos para a instituição de ensino, oferecendo informações relevantes e úteis sobre os cursos e programas de formação oferecidos.

A produção de conteúdo útil posiciona a marca na internet de forma orgânica, fazendo com que mais alunos em potencial conheçam a instituição.

Fidelizar alunos existentes

O marketing de conteúdo também pode ser utilizado para fidelizar os alunos existentes, oferecendo conteúdo exclusivo e relevante para eles.

Por exemplo, um canal no Youtube pode ajudar a instituição a se posicionar como uma marca que ajuda alunos a resolver problemas.

Um belo exemplo disso foi o “Me Salva!”, uma edtech que cresceu através de vídeos diferenciados para seu alunos.

Gerar leads

Além disso, o marketing de conteúdo também pode ser utilizado para gerar leads. Ou seja, potenciais alunos interessados em um curso ou programa de formação.

Isso pode ser realizado através de ofertas, como e-books ou webinars, que exigem o preenchimento de um formulário com informações de contato.

Melhorar o SEO

O marketing de conteúdo também pode ajudar a melhorar o ranqueamento de um site em mecanismos de busca, através da produção de conteúdo relevante.

Logo, uma boa estratégia de SEO envolve a produção de conteúdo relacionado ao interesse do público/persona da instituição.

Criar autoridade e credibilidade

O marketing de conteúdo também pode ajudar a criar autoridade e credibilidade para a instituição de ensino, mostrando a expertise e conhecimento dos professores e profissionais da área.

Pense o seguinte: quando você busca uma resposta na internet, geralmente confia nas respostas que o Google fornece nas primeiras posições.

O mesmo pode acontecer com sua marca.

Quem não é visto, não é lembrado.

Métricas de sucesso e avaliação de campanhas de marketing educacional

Finalmente, as métricas de sucesso e avaliação de campanhas de marketing educacional são fundamentais para medir o desempenho das estratégias de marketing utilizadas e entender o que está funcionando e o que pode ser melhorado.

Algumas das principais métricas a serem consideradas incluem:

Número de matrículas

A quantidade de matrículas em um curso ou programa de formação é uma métrica fundamental para avaliar o sucesso de uma campanha de marketing educacional.

Afinal, toda estratégia de marketing que é eficiente leva em conta a geração de resultado para a empresa.

Portanto, considere como sua estratégia conseguiu atrair novos alunos.

Taxa de conversão

A taxa de conversão mede a relação entre o número de visitas em um site e o número de matrículas realizadas.

É importante monitorar essa métrica para entender o quão eficaz foi a campanha de marketing em gerar matrículas.

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico mede o número de visitas em um site provenientes de mecanismos de busca, como o Google.

Então, é importante monitorar essa métrica para entender o quão eficaz foi a estratégia de SEO utilizada na campanha de marketing.

Engajamento nas redes sociais

O engajamento nas redes sociais, como curtidas, comentários e compartilhamentos, pode ser uma métrica importante para avaliar o sucesso de uma campanha de marketing educacional nas redes sociais.

Mas, é preciso tomar cuidado com as métricas de vaidade.

Essas métricas são apenas uma dispersão de atenção do time de marketing. Por exemplo: número de curtidas ou visualizações de vídeo que não geram novas matrículas.

Se a instituição é “famosa” mas não gera resultado, a conta não fecha no final do dia.

Taxa de retenção

A taxa de retenção mede a quantidade de alunos que continuam estudando após o primeiro semestre ou ano.

Assim, é importante monitorar essa métrica para entender o quão satisfeitos os alunos estão com a instituição de ensino e seus cursos e programas de formação.

A evasão é um dos maiores desafios de qualquer instituição de ensino. Portanto, fique de olho nessa métrica.

Satisfação dos alunos

A satisfação dos alunos é uma métrica fundamental para avaliar o sucesso de uma campanha de marketing educacional.

Desse modo, ela vai ser um indicador preditivo da evasão ou taxa de retenção.

Então, é importante realizar pesquisas de satisfação regularmente para entender o que os alunos gostam e o que pode ser melhorado na instituição de ensino.

Tendências atuais e futuras no marketing educacional

As tendências atuais e futuras no marketing educacional são influenciadas pelo crescente uso de tecnologias de marketing digital e pelas mudanças na forma como as pessoas aprendem e se relacionam com as instituições de ensino.

Assim, vamos ver algumas das principais tendências nessa área:

As plataformas online

As plataformas de aprendizado online, como vimos, têm se tornado cada vez mais populares nos últimos anos.

Afinal, elas alcançam milhares de pessoas atualmente.

Por isso, é esperado que essa tendência continue crescendo no futuro, com o aumento da demanda por aprendizado a distância.

Afinal, hoje qualquer especialista pode gravar um curso prático e rápido em casa, direto do seu computador.

Isso amplia a produção de conteúdo nessa área, escalando a oferta de formações.

Gamificação

A gamificação é o uso de elementos de jogos, como recompensas e desafios, para tornar o aprendizado mais atrativo e engajador.

É esperado que a gamificação se torne cada vez mais popular no marketing educacional, ajudando a fidelizar os alunos e motivá-los a continuar estudando.

Basta ver como as plataformas já mencionadas vem atuando nesse aspecto.

Marketing de conteúdo continua sendo tendência

O marketing de conteúdo, ou seja, a criação e compartilhamento de conteúdo relevante e interessante para o público-alvo, continuará sendo uma tendência importante no marketing educacional.

Porém, como também já vimos, o grande desafio no futuro é a produção de conteúdo útil e relevante.

Personalização

A personalização, ou seja, a oferta de experiências e conteúdos customizados de acordo com as necessidades e interesses individuais dos alunos, também será uma tendência importante no marketing educacional.

Portanto, isso pode ser realizado através de ferramentas de automação de marketing e de aprendizado adaptativo.

Além disso, as ferramentas de Inteligência Artificial podem auxiliar nessa personalização.

Inteligência artificial

Por fim, a inteligência artificial (IA) também poderá ser utilizada no marketing educacional, permitindo a criação de campanhas mais eficazes e a otimização de processos.

Por exemplo, a IA pode ser utilizada para analisar dados e entender o que os alunos preferem, ou para criar conteúdo personalizado de acordo com as necessidades de cada aluno.

Gostou? Inscreva-se na nossa newsletter e receba boletins semanais com atualizações da indústria de marketing, movimentações do mercado, estratégias de canais, cases, atualizações de produto e muito mais!

Ivan Cordeiro Junior
Ivan Cordeiro Junior
CEO e Fundador da Marfin. Engenheiro de Software e Especialista em Marketing Digital com mais de 10 anos de experiência de mercado e dezenas de formações internacionais, incluindo Google e Meta (Facebook).
Você também pode gostar: