Marketing digital: estratégias para captação de clientes

Adrielle Freitas
Adrielle Freitas
Amante de gatos, animes e videogames, é Analista de Inbound Marketing Jr e entusiasta de marketing de conteúdo.

Será que no marketing digital o que mais  acontece é o famoso ditado “casa de ferreiro, espeto de pau?”. Afinal, com a rotina acelerada de reuniões e entregas, fica fácil esquecer de cuidar da própria vitrine.

De acordo com a pesquisa Panorama das Agências Digitais, apesar de 64,5% dos prestadores de serviços afirmarem investir em uma estratégia digital, apenas 15,3% conseguem atingir diferentes canais de aquisição.

Sendo assim, apenas uma pequena parcela diversifica as ações de divulgação da própria marca. Esse fator é muito importante para não ficar refém de apenas um canal para a captação de clientes.

Pode parecer difícil lidar com tanta informação ao mesmo tempo. Mas, neste artigo apresentaremos várias estratégias que você pode começar a aplicar com facilidade. Continue lendo para aprender sobre cada uma delas!

Estratégias de marketing digital

Todo nicho pode se beneficiar das estratégias digitais. Mas cada estratégia de marketing digital serve a um objetivo, seja de alcance, engajamento ou venda.

O que você já sabe é que boa parte das pessoas procura soluções para problemas por meio da Internet. Por isso, vale pensar em diferentes formas de chamar a atenção dos usuários online.

Afinal, não há uma estratégia melhor ou pior. O que existe é aquela que mais se adequa às metas estabelecidas no seu negócio. 

Talvez você ainda não conheça as possibilidades de divulgação pela Internet. Então, venha entender as 5 principais estratégias de marketing digital hoje. Você vai aprender como funcionam e como podem ser aplicadas para captação de clientes.

  1. Blog

Uma boa estratégia de marketing é criar um blog e produzir conteúdos que solucionem as dúvidas de seus potenciais clientes. Isso envolve o marketing de conteúdo, que ajuda na atração de clientes de forma orgânica, ou seja, sem gastar muito com publicidade.

Diferente do site, que é focado em vendas, o blog dá atenção ao texto e à educação da persona. Logo, esse espaço soluciona pequenos problemas e contribui para estreitar o relacionamento com a marca.

Também ajuda na estratégia de SEO (search engine optimization). Quando você publica artigos seguindo boas práticas para mecanismos de buscas, tem mais chances de aparecer nas primeiras posições em pesquisas.

Para criar conteúdos de blog, você pode seguir a regra 80-20. Essa estrutura envolve pensar em um material 80% informativo e 20% direcionado para as vendas.

Isso é muito importante para construir um relacionamento mais genuíno com a audiência, pois um conteúdo educacional educa e prepara o visitante para seguir na jornada de compra.

Além disso, lembre-se de incluir ferramentas de contato, como caixas de comentários e formulários para coletar e-mails. Esse tipo de ação permite o recebimento de feedbacks. 

Assim, você entende a opinião dos clientes e tem oportunidades de melhorar os processos e produtos. 

  1. E-mail marketing

Quando você coleta e-mails de potenciais clientes, também pode investir em e-mail marketing. Essa estratégia de marketing digital se trata do envio recorrente de conteúdo personalizado para quem interage com a sua marca.

Embora algumas pessoas acreditem que enviar e-mail é coisa do passado, ela é utilizada por milhares de empresas por causa de seu potencial de fidelização.

E-mail marketing não significa disparar mensagens aleatórias para a sua lista. O nome disso é spam. Uma estratégia de e-mails, na verdade, proporciona a segmentação de mensagens que agregam valor aos seus destinatários.

Por isso, você precisa pesquisar antes de colocar em prática. Para começar, construa uma lista de e-mails de pessoas que têm interesse na sua marca, por terem comprado o produto ou acessado páginas importantes do site.

Inserir formulários no site é uma forma de conseguir esses contatos. Mas lembre-se de garantir que tudo está de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Em seguida, construa conteúdos para o envio. Uma dica é investir em uma ferramenta de automação de marketing que permita segmentar os e-mails de acordo com os interesses de cada pessoa. Assim, você obtém excelentes resultados de relacionamento.

  1. Canal do Youtube

Ter um canal no Youtube é uma estratégia inteligente para os mais variados nichos. Todos os dias, milhares de pessoas acessam esse site para pesquisar vídeos. Mas quais as vantagens para o marketing digital?

Um canal com conteúdo informativo e relevante faz com que você se posicione como autoridade em sua área de atuação. Para que isso funcione, você precisa fazer postagens periódicas, já que os inscritos sempre esperam por materiais atualizados.

Antes de começar, entenda a linguagem e a abordagem que o seu cliente mais gosta. Também pesquise as dores a serem solucionadas, entre outras informações que auxiliem no processo criativo.

Quanto mais você conhecer a sua persona, mais chances de satisfazer o espectador e gerar vendas.

  1. Redes sociais

As redes sociais só crescem. Por consequência, participar delas deve ser uma parte importante do seu plano de marketing.

E não basta só postar. Você também precisa interagir com os seguidores e analisar as métricas, para entender aquilo que os interessa.

Além disso, elas são um bom espaço para criar conversas. Ler os comentários de seus seguidores também é uma ótima forma de receber sugestões e críticas para aperfeiçoar o seu negócio.

Por isso, escolha a rede social que mais faz sentido para a sua audiência e amplie a comunicação aos poucos. O importante é dar conta de publicar o conteúdo e interagir, mesmo que você precise aumentar a sua frequência aos poucos.

  1. Links patrocinados

Nem sempre as estratégias orgânicas vão ser suficientes para o seu negócio. Neste caso, você pode investir em links patrocinados.

Eles estão em vários locais. Você pode comprar links para resultados de pesquisa no Google ou ainda patrocinar postagens em suas redes sociais.

Como a estratégia envolve ainda mais investimento financeiro, você precisa refletir muito bem quanto ao objetivo que deseja alcançar.

Por causa disso, parte do trabalho envolve pesquisas sobre as palavras-chave e os interesses de sua persona. Aí sim você poderá considerar o seu dinheiro bem gasto quando analisar os resultados.

Escale o seu negócio e transforme o mundo com suas ideias

Testar é o início de tudo. O aprendizado com cada estratégia vai fazer toda a diferença, mesmo que você só consiga aplicar 1% ao dia. E, para quem não tem tempo de pôr a mão na massa sempre, também existem soluções.

Os Parceiros da Marfin têm vantagens exclusivas e podem escalar os seus negócios sem se preocupar com o operacional. Conheça os benefícios da Marfin Partners para o seu negócio!

Compartilhe:

Você também pode gostar:

produzir conteúdo para internet
Marketing de Conteúdo
Ivan Cordeiro Junior

5 Formas de Produzir Conteúdo para a Internet

Seja você um criador ou um profissional de marketing, produzir conteúdo para internet deve ser uma tarefa fundamental do seu dia-a-dia. Mesmo que existam diversas formas de se produzir conteúdo