O que é Marketing de Utilidade e Por que usar?

Ivan Cordeiro Junior

Que tal ser avisado por e-mail de novos conteúdos como este? Assine a nossa newsletter clicando abaixo:

O Marketing de Utilidade é um tipo de marketing que se concentra em oferecer aos clientes algo útil e valioso, além dos produtos ou serviços em si.

Isso pode incluir conteúdo informativo, ferramentas de auxílio na tomada de decisão, serviços de atendimento ao cliente de alta qualidade ou até mesmo experiências divertidas e memoráveis.

Portanto, o objetivo do Marketing de Utilidade é criar um vínculo positivo com os clientes e aumentar a fidelidade e a lealdade a marca.

Para implementar uma estratégia de Marketing de Utilidade eficaz, é importante levar em consideração as necessidades e interesses dos clientes e oferecer algo que seja relevante para eles.

Vamos explorar um pouco mais sobre como criar uma estratégia como essa.

Como aplicar o Marketing de Utilidade

Essa estratégia pode ser aplicada de várias maneiras, dependendo do público-alvo e dos objetivos da empresa.

Alguns exemplos de ações de Marketing de Utilidade incluem:

  1. Criar um blog ou um canal no YouTube com vídeos educativos sobre o assunto relacionado ao negócio da empresa.
  2. Oferecer ferramentas online para ajudar os clientes a tomar decisões, como calculadoras ou simuladores de produtos.
  3. Oferecer serviços excepcionais de atendimento ao cliente, como chat online ou atendimento por telefone 24 horas.
  4. Realizar eventos ou atividades divertidas para os clientes, como degustações de produtos ou passeios turísticos.
  5. Criar programas de fidelidade ou benefícios exclusivos para os clientes mais fiéis.

Como o Marketing de Utilidade pode aumentar a fidelidade do cliente

Como introduzimos anteriormente, o Marketing de Utilidade tem como objetivo principal criar um vínculo positivo com os clientes e aumentar a fidelidade e a lealdade à marca.

Quando os clientes se sentem valorizados e recebem algo útil e valioso, eles tendem a se tornar mais fiéis à marca e a recomendá-la para outras pessoas.

Vamos ver alguns dos benefícios do Marketing de Utilidade para a fidelidade do cliente:

Criação de um vínculo emocional:

Quando os clientes recebem algo de valor, eles se sentem mais conectados e leais à marca.

Então, isso pode ser especialmente verdadeiro quando esse tipo de marketing é direcionado para experiências ou eventos memoráveis.

Melhora da experiência do cliente:

Como já vimos, oferecer serviços exemplares de atendimento ao cliente ou ferramentas úteis para ajudar os clientes a tomar decisões pode aumentar a satisfação do cliente e torná-los mais propensos a recomendar a marca.

Desenvolvimento de relacionamentos de longo prazo:

O Marketing de Utilidade pode ajudar a criar relacionamentos de longo prazo com os clientes. Pois eles tendem a se sentir mais conectados e valorizados pela marca.

Aumento da retenção do cliente:

Quando os clientes se sentem satisfeitos com a marca e recebem algo de valor, eles tendem a ser mais propensos a continuar comprando da mesma empresa no futuro.

Isso pode aumentar a retenção do cliente e reduzir os custos de aquisição de novos clientes.

Alguns dados mostram que é preciso ao menos 12 interações positivas para superar uma negativa com o cliente.

Exemplos de ações de Marketing de Utilidade bem-sucedidas

Existem muitas maneiras de aplicar o Marketing de Utilidade, e cada empresa pode encontrar a abordagem que melhor se adapta ao seu público-alvo e objetivos de marketing. Alguns exemplos de ações de Marketing de Utilidade bem-sucedidas incluem:

Blog informativo da Starbucks:

A Starbucks criou um blog chamado “Stories” para compartilhar conteúdo interessante sobre a empresa, incluindo histórias de produtores de café, receitas e informações sobre o impacto social e ambiental da empresa.

Calculadora de financiamento da Bank of America:

A Bank of America oferece uma ferramenta online chamada “Calculadora de financiamento” para ajudar os clientes a calcular o valor das prestações mensais de um empréstimo ou hipoteca.

Isso é útil para os clientes que estão considerando financiar um imóvel e pode ajudar a aumentar a confiança nas decisões de financiamento.

Essa estratégia é chamada de Engenharia como Marketing, e é um canal de tração muito interessante.

Programa de fidelidade da Southwest Airlines:

A Southwest Airlines oferece um programa de fidelidade chamado “Rapid Rewards” que oferece vantagens exclusivas para os clientes mais fiéis, como passagens aéreas gratuitas e check-in prioritário.

Entretanto, isso incentiva os clientes a voar com a Southwest Airlines mais vezes e a se tornarem mais leais à marca.

Degustação de produtos da Sephora:

A Sephora, uma rede de lojas de produtos de beleza, oferece demonstrações de uso de produtos para os clientes em suas lojas.

Então, isso permite que os clientes experimentem os produtos antes de comprá-los e pode aumentar a satisfação do cliente e a fidelidade à marca.

Como medir o sucesso de uma estratégia de Marketing de Utilidade

Por fim, para medir o sucesso de uma estratégia de Marketing de Utilidade, é importante definir objetivos claros e mensuráveis no início do processo.

Vamos dar uma olhada em exemplos de métricas que podem ser usadas para avaliar o sucesso de uma estratégia de Marketing de Utilidade:

Número de visitas ao blog ou canal no YouTube:

Se o objetivo da estratégia de Marketing de Utilidade é aumentar o tráfego em um blog ou canal no YouTube, é importante acompanhar o número de visitas e o tempo médio de visualização.

Além disso, é fácil monitorar essas métricas diretamente nas plataformas.

Taxa de conversão:

A taxa de conversão mede o número de pessoas que realizam uma ação desejada, como se inscrever em uma newsletter ou fazer uma compra, em relação ao número total de visitas.

Então, pode ser uma métrica importante para avaliar o sucesso de uma estratégia de Marketing de Utilidade que visa aumentar as vendas.

Nível de satisfação do cliente:

Medir o nível de satisfação do cliente é também muito importante para qualquer estratégia.

Logo, isso pode ser feito através de pesquisas de satisfação ou através de avaliações de produtos ou serviços em sites de avaliação.

Finalmente, uma das métricas para mensurar esse nível de satisfação é o NPS, que pode ser respondido com uma simples pergunta:

“De 0 a 10, o quanto você recomendaria nossa empresa para um amigo ou parente?”

Fidelidade do cliente:

A fidelidade do cliente pode ser medida através de métricas como o número de compras repetidas ou o número de recomendações feitas por um cliente.

Isso pode ajudar a avaliar se a estratégia está aumentando a lealdade dos clientes à marca.

Então, como já vimos, crie programas de fidelização e invista na recomendação de outros clientes.

ROI (Return on Investment, ou Retorno sobre Investimento):

O ROI é uma métrica importante para avaliar o sucesso financeiro de uma estratégia como essa.

Ele mede o quanto a empresa ganha em relação ao quanto investe em uma determinada ação.

Assim, essa métrica ajuda a justificar qualquer investimento nessa estratégia.

Como integrar o Marketing de Utilidade em uma estratégia de Marketing geral

Para integrar o Marketing de Utilidade em uma estratégia de Marketing geral, é importante levar em consideração as seguintes dicas:

Defina objetivos claros:

Antes de iniciar qualquer ação de Marketing de Utilidade, é importante definir objetivos claros e mensuráveis para saber se a estratégia está sendo eficaz.

Como demos alguns exemplos, isso pode incluir aumentar o tráfego em um blog, aumentar as vendas ou aumentar a satisfação do cliente.

Conheça seu público-alvo:

É importante conhecer bem o público-alvo da empresa para saber o que os clientes valorizam e o que pode ser útil para eles.

Então, inclua pesquisas de mercado ou análise de dados de compras anteriores.

Integre o Marketing de Utilidade em todos os canais:

O Marketing de Utilidade deve ser integrado em todos os canais de marketing da empresa, incluindo site, redes sociais, e-mail marketing e publicidade online, como Google Ads e Facebook Ads.

Portanto, a mensagem vai ser consistente e os clientes terão acesso a conteúdo útil em todos os lugares onde interagem com a marca.

Entenda mais sobre Canais de Tração.

Medir e ajustar:

Finalmente, é importante acompanhar as métricas e avaliar o sucesso da estratégia de Marketing de Utilidade para saber o que está funcionando e o que pode ser ajustado.

Assim, procure testar diferentes tipos de conteúdo ou ferramentas de auxílio na tomada de decisão para ver o que funciona melhor com o público-alvo.

Gostou? Inscreva-se na nossa newsletter e receba boletins semanais com atualizações da indústria de marketing, movimentações do mercado, estratégias de canais, cases, atualizações de produto e muito mais!

Ivan Cordeiro Junior
Ivan Cordeiro Junior
CEO e Fundador da Marfin. Engenheiro de Software e Especialista em Marketing Digital com mais de 10 anos de experiência de mercado e dezenas de formações internacionais, incluindo Google e Meta (Facebook).
Você também pode gostar: