Google Featured Snippet: Como dominar em 6 Passos

Você já ouviu falar sobre o Google Featured Snippet? A busca pela primeira posição no Google é o sonho de todos aqueles que trabalham com internet. E seguindo essa ideia, entra em cena a famosa “posição zero”, uma opção especial na parte superior de uma busca no Google. 

De acordo com estudos feitos pela Moz, depois que seus sites foram apresentados como Google Featured Snippet as taxas de cliques (CTR) aumentaram 6%, e outros viram um aumento de 20 a 30% no tráfego. 

Mas aqui está um importante fato: você não pode selecionar e escolher quando seu site aparecerá nesta aba.

Então, como você otimiza seu conteúdo para ser o snippet escolhido em uma determinada palavra-chave ou frase de pesquisa? Aqui estão seis passos para buscar seu espaço junto ao Google Featured Snippet e algumas informações sobre o assunto.

O que é o Google Featured Snippet?

O Featured Snippet é um recurso bastante recente, mas que garante muitos resultados. De maneira geral, o recurso exibe caixas de respostas no início da pesquisa, de forma objetiva, antes mesmo dos resultados tradicionais.

Ou seja, com base nos termos da pesquisa, o Google procurará sites com a melhor resposta e os apresentará no topo da página, destacados em uma caixa. Ser apresentado como um Google Featured Snippet é extremamente valioso para dirigir o tráfego de pesquisa orgânica.

Quais os benefícios do Google Featured Snippet?

Depois de ler o que é o Google Featured Snippet, certamente você está se perguntando: “mas quais os benefícios dele?”. O fato de ter uma página do seu site em snippet mostra, sobretudo, autoridade máxima naquele termo

Ou seja, algo que transmite credibilidade para o usuário. Além disso, depois da chegada deste recurso, tornou-se possível saltar posições. Em outras palavras, sua página pode estar na quinta colocação, por exemplo, mas o Featured Snippet estará lá no topo.

E o que isso quer dizer? Bom, mostra que você responde à pergunta do usuário melhor do que qualquer outra página. Isso, mesmo que a sua página, como um todo, não seja a mais otimizada.

Outro ponto positivo é que, caso o usuário decida obter mais informações, é no site que ele fará uma visita. Ou seja, algo que pode ajudar diretamente no aumento do tráfego orgânico. Para pequenos sites, mas com bom conteúdo, essa se torna uma forma direta de competições com sites maiores.

Quais os tipos de Featured Snippets?

Existem diversos tipos de Featured Snippets, sendo que algumas formas são principais, como os parágrafos, listas e tabelas. Conheça cada tipo a seguir!

Parágrafos

A maioria dos Featured Snippets tem um protagonista: os parágrafos. Inclusive, de acordo com um estudo feito pelo SEMrush, 70% dos conteúdos com boa colocação conta com parágrafos curtos.

O tamanho e trabalho feito com os parágrafos faz toda a diferença considerando que a ideia do Google é selecionar trechos específicos de cada conteúdo bem classificado, exibindo-os de forma destacada nas sugestões.

O que é, como fazer, por que, quem, onde etc., são exemplos de perguntas em que os parágrafos curtos e bem escritos costumam aparecer.

Listas

As listas consistem em trechos de sites que respondam, de forma objetiva, uma pergunta do usuário, demandando uma espécie de ranqueamento. Os tutoriais com passo a passo podem se enquadrar muito bem nesta categoria.

Mas também, outras opções como receitas, melhores alguma coisa (como praias, cidades, pontos turísticos) e rankings também fazem parte desta categoria.

Tabelas

Esta opção, em geral, aparece quando fazemos a pesquisa por algum produto e existe uma lista de versões e preços ligados a ele. Um exemplo: ao buscar por PlayStation 5, pode aparecer um snippet com uma lista de valores considerando cada loja que vende o item.

Entretanto, também é possível encontramos tabelas quando outros assuntos são pesquisados, como horários de cinema, data de nascimento de determinada personalidade e, às vezes, algumas receitas.

Vídeos

Investir em vídeos também é uma grande opção quando falamos em Google Featured Snippet. Eles são capazes de complementar os conteúdos publicados, dando mais credibilidade ao que foi escrito.

Imagens

Por fim, mas não menos importante, temos as imagens. Não é nenhuma novidade que as imagens são essenciais para o SEO de artigos, mas se tratando de featured snippets, elas fazem total diferença. 

Entretanto, mais do que simplesmente adicionar imagens em seu conteúdo, é importante otimizar todas. Estas devem condizer com o conteúdo, serem atrativas e receptivas.

Assim, além da própria página de busca, é possível que um único conteúdo também apareça nas primeiras colocações no Google Imagens.

Como saber quais páginas conseguiram um snippet?

Depois de conferir todos os tipos de featured snippets e colocar as técnicas citadas em seus conteúdos, como saber quais páginas conseguiram um snippet? Alguns recursos podem ajudar nessa missão, é o caso do SEMrush.

A ferramenta é muito eficaz no que diz respeito a dados analíticos, mas também pode ser usada para encontrar conteúdos no Google Featured Snippet. Além de descobrir quais snippets estão ranqueados, você também pode conferir as posições dos seus concorrentes.

Para fazer a busca é muito simples, confira:

  • Clique em “Organic Research” na aba lateral e digite o seu site. Caso prefira, digite diretamente na aba de busca na parte superior no site.
Como conseguir um featured snippet?
Como saber se consegui um Google Featured Snippet?
  • Depois, role a página e clique em “Featured Snippet”;
Como encontrar snippets pelo Semrush?
  • Se quiser, filtre as palavras-chave, clicando em “Advance Filters”.
Google Featured Snippet no Semrush

Depois de verificar seus snippets e avaliar os de seus concorrentes, você pode se dedicar a conteúdos potenciais para novas posições.

Como garantir mais chances de aparecer no Google Featured Snippet?

Uma coisa é certa: não existe uma fórmula mágica para aparecer no Google Featured Snippet. Entretanto, como já citamos anteriormente, existem técnicas para fazer com que você tenha mais chances de aparecer neste campo.

Aqui vale fazer um destaque: o ranqueamento não significa que você aparecerá na “posição zero”. Contudo, é muito importante que seu site esteja na primeira página de buscas para participar da “seletiva”.

Depois disso, tudo dependerá se seu conteúdo responderá, da melhor forma, à pergunta feita pelo usuário.

E se dois sites responderem muito bem à pergunta feita? Então, o fator de desempate serão os dados de comportamento do site. Em outras palavras, taxa de rejeição, duração média da sessão etc.

Por isso, uma dica valiosa é: mantenha sempre os dados de comportamento do seu site bem altos. Mas como aumentar essas taxas? Uma dica é utilizar recursos interativos, como vídeos e, até mesmo, testes. Eles elevam consideravelmente as chances de manter os usuários em sua página por mais tempo.

6 passos para dominar o Google Featured Snippet

1. Comece com termos de cauda longa ou palavras-chave específicas

As consultas de cauda longa ou palavras-chave específicas são essenciais na otimização de mecanismos de pesquisa (SEO).

Perguntas ou consultas de cauda longa desencadeiam mais fragmentos do Google porque os usuários gostam de fazer perguntas específicas. Portanto, certifique-se de incluir palavras-chave de cauda longa no seu conteúdo. Isso aumentará diretamente sua rastreabilidade no Google.

As palavras-chave que você usa, no entanto, são importantes neste esforço. Um planejador de palavras-chave vai ajudá-lo a pesquisar as opções mais relevantes para receber a maioria das ações.

Considere usar ferramentas como o Planejador de palavras-chave do Google ou o Moz para determinar o que funciona melhor para o seu conteúdo.

2. Certifique-se de que os títulos são descritivos

Os títulos que você usa para nomear seu blog/artigo/página são os mesmos que você verá no resultado de um mecanismo de pesquisa.

O título “clicável” vinculado ao seu HTML, chamado de Tag Title, é um dos pontos mais importantes. Além de conter entre 50-60 caracteres, estes devem incluir palavras-chave relacionadas ao conteúdo.

rich snippet

É importante lembrar que suas tags de título também aparecem no URL, uma vez que um usuário clica no título HTML na busca.

O Google analisa os títulos das páginas para ajudar a avaliar a relevância delas para a pesquisa. Pensar em títulos novos e únicos contribui para otimizar a busca do Google.

3. Siga as melhores práticas de SEO on-page

Se você já se classifica dentro dos 10 melhores resultados de pesquisa, as chances de o seu site ser apresentado aumentam drasticamente.

Para garantir isso, verifique se o seu otimizador de mecanismo de pesquisa (SEO) segue as novas diretrizes do Google e o conteúdo do seu site é relevante e valioso.

Algumas práticas importantes de SEO para ter sempre em mente, são:

  • pesquise sobre as palavras-chave antes de usá-las;
  • garanta meta tags e tag de título descritivos;
  • não se esqueça de incluir backlinks ou links para outros sites em todas as suas páginas;
  • o uso da imagem atrai o leitor. Confira as dicas do Search Engine Journal (em inglês) para otimizar sua imagem para SEO;
  • não se esqueça de fornecer uma boa Meta Descrição. O Google fez fragmentos de resultados de pesquisa mais longos do que o seu tradicional, com 160 caracteres. Na verdade, de acordo com Moz, o novo intervalo de contagem de caracteres é de 230 a 320.

4. Escreva conteúdo estruturado que responda a perguntas no Google Featured Snippet

O Google adora as listas de “como fazer” e “passo a passo”. Além de objetivas, essas listas são fáceis de escanear.

Então, responda às perguntas que as pessoas escrevem no Google! Um conteúdo estruturado facilita a apresentação, uma vez que demonstra organização e abrangência do seu público.

5. O conteúdo deve ter pelo menos 1.500-2.000 palavras

Um conteúdo mais longo + conteúdo fantástico é a chave

Ser curto e direto ao ponto nem sempre é bom. Portanto, sempre considere o tamanho dos artigos que você escreve. O Google “recompensa” os usuários com conteúdos entre 1.500-2.000 palavras, mas existem muitos posts dentro desse intervalo.

No entanto, para sair na frente e ser competitivo, apostar em conteúdos com mais de 2.000 palavras pode ser uma grande alternativa. Isso é chamado de conteúdo épico.

Diversificar é fundamental quando se trata de conteúdo. Por isso, experimente aumentar o comprimento, adicionar imagens e backlinks a outros artigos, por exemplo.

O blog do Neil Patel é um ótimo exemplo de conteúdo mais longo combinando com o algoritmo do Google. O conteúdo mais longo requer mais pesquisas, o que leva a mais backlinking em seu artigo. Mais backlinking aumenta seu SEO.

Neil também afirma (com fatos): um conteúdo mais longo tem mais ações sociais, tráfego orgânico, maior engajamento social e, geralmente, possui um ranking de resultados de motores de pesquisa (SERP) mais altos.

Se você digitar qualquer coisa na esperança de alcançar uma contagem mínima de palavras, pare. Um conteúdo mais longo + conteúdo fantástico é a chave.

6. Imagens, ilustrações e mais imagens

Como citamos no início deste conteúdo, um snippet não aparece somente no quesito textual. As imagens ajudam diretamente a complementar aquilo que está sendo dito e, geralmente, elas também aparecem nos snippets.

Ou seja, faz toda a diferença ter imagens que ajudem no entendimento do conteúdo. Além disso, é claro, elas ajudam diretamente no aumento das chances de conseguir sua colocação no Google Featured Snippet.

Mas não se esqueça: otimizar a tag alt das imagens para auxiliar no entendimento delas pelo Google e usuários PcD é essencial.

Busque sua colocação no Google Featured Snippet

Enfim, essas estratégias atraem seus leitores e ajudam você a garantir um conteúdo específico e com grande quantidade de detalhes.

Lembre-se das melhores práticas que discutimos anteriormente e não se limite a apenas um item ou outro. O Google não classifica ou apresenta com base apenas na contagem de palavras. O principal objetivo deve ser escrever um conteúdo relevante.

Portanto, podemos dizer que ser apresentado como um Google Featured Snippet requer a implementação de várias estratégias e não é o resultado de apenas um ou dois ajustes.

A ótima notícia é que combinar todas essas estratégias vai aumentar o seu sucesso de ser apresentado e melhorar o seu SEO global. Então, agora, é colocar a mão na massa para melhorar o SEO do seu site.

Faltou alguma dica? Então, deixe o seu comentário para sabermos qual a sua dúvida.

Ivan Cordeiro Junior
Ivan Cordeiro Junior
CEO e Fundador da Marfin. Engenheiro de Software e Especialista em Marketing Digital com mais de 10 anos de experiência de mercado e dezenas de formações internacionais, incluindo Google e Meta (Facebook).

Compartilhe:

Você também pode gostar: