Email Marketing para Pequenas Empresas: Um guia básico

Uma das melhores coisas sobre o marketing digital para proprietários de pequenas empresas é que muito disso pode ser feito com orçamento limitado. E em relação à eficácia, o e-mail marketing para pequenas empresas está no topo da lista.

A maioria dos consumidores online usa e-mail, em vez de mídia social ou blogs.

mais de três bilhões de usuários de e-mail este ano e 33,8% dos consumidores americanos olham ativamente seus e-mails ao longo do dia.

Além disso, o email marketing resulta em um retorno médio do investimento de 122%, superando todos os outros canais de marketing.

Se você está pronto para começar, siga nosso guia rápido para começar a usar o email marketing para pequenas empresas.

1- Estabeleça a base

Existem muitas ferramentas no mercado que ajudam a implementar, gerenciar e automatizar suas campanhas de e-mail. Economizando tempo e melhorando sua eficácia.

Um provedor de serviços de e-mail (ESP) serve como coração e inteligência da sua campanha de marketing por e-mail.

É a empresa cuja plataforma você usará para criar e-mails, lançar campanhas, gerenciar suas listas de contatos e analisar os dados.

Existem dezenas de ESPs.

Então, reserve um tempo revisando suas opções para encontrar uma que atenda às suas necessidades.

O MailChimp é uma opção popular de e-mail marketing para pequenas empresas devido à sua plataforma intuitiva e baixos custos.

Existe um plano gratuito e os planos pagos começam a partir de US$ 10 por mês.

Juntamente com um ESP, você precisará de pelo menos um modelo de e-mail.

Um modelo de email é o que você usa para criar seus emails para que você possa incorporar texto, imagens e links em um formato organizado e visualmente atraente.

O ThemeForest tem uma biblioteca robusta de 1.500 modelos de email para download disponíveis por apenas US$ 6,00.

2- Crie uma lista de e-mail robusta

Uma lista de e-mail é o feijão com arroz de seus esforços de marketing por e-mail.

Quanto mais contatos na sua lista, mais resultados você poderá ver.

Depois de escolher um ESP, importe sua lista de contatos para o sistema.

Você pode segmentá-los com base em grupos, como clientes atuais, anteriores e potenciais.

Lembre-se, você precisa da permissão desses contatos para enviá-los por e-mail.

A maioria dos provedores de serviços de e-mail tem guias de permissão e, se você não seguir as regras deles, poderá começar a partir da plataforma.

Mas, apenas os contatos de e-mail que iniciaram alguma forma de comunicação com sua empresa, como fazer uma compra ou preencher um formulário em seu site, devem incluir sua lista de contatos.

Entretanto, uma das melhores maneiras de criar sua lista de e-mail é oferecer conteúdo exclusivo ou ofertas especiais em troca de um endereço de e-mail.

Algumas empresas usam formulários que oferecem ebooks para download, um boletim informativo (newsletter) ou uma promoção e solicitam um nome e endereço de e-mail.

Diga claramente a seus espectadores que, ao inserir seus endereços de e-mail em seu site, eles receberão e-mails regularmente.

Este tipo de aviso pode ajudar você a manter-se em conformidade com os guias de permissão e com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Além disso, enquanto uma lista grande de contatos é ótimo, uma lista de qualidade é mais importante.

3- Construa sua primeira campanha

Você tem uma plataforma para enviar e-mails, um modelo para apresentar suas informações e uma lista para contato.

Agora, você precisa de uma mensagem para compartilhar.

Dependendo de suas metas e de quem você está enviando, vários tipos de campanha podem ser enviados, incluindo boletins informativos, ofertas promocionais ou anúncios gerais.

Para sua primeira campanha, considere seus objetivos:

  • Que ação você deseja que seus destinatários de email realizem?

Uma newsletter é ideal se você deseja oferecer educação ou incentivar as pessoas a pesquisar seu site.

Ou, se você deseja ter mais vendas, pode enviar uma oferta especial em um produto ou serviço.

Independentemente do tipo de campanha que você escolher, deixe uma mensagem clara em seu texto, imagens e links.

Explique como os destinatários se beneficiam do e-mail que estão lendo.

Incentive-os a continuar lendo com imagens ou manchetes em negrito e inspire a ação com um botão claro de apelo à ação com links para seu site.

4- Dicas do QUE FAZER e O QUE NÃO FAZER no E-mail marketing para pequenas empresas

Enfim, agora que você criou um roteiro de e-mail marketing para pequenas empresas, familiarize-se com essas dicas para manter as práticas recomendadas e evitar erros comuns:

Use modelos de e-mail responsivos para dispositivos móveis.

Até 75% dos e-mails são abertos em um telefone.

Portanto, usar um modelo de e-mail que seja formatado corretamente para uma visualização no celular é essencial para o sucesso da sua campanha.

Personalize sua mensagem.

Isso faz com que seu e-mail pareça mais amigável.

Então, se você tiver os nomes de seus contatos de e-mail, a maioria dos ESPs facilita a adição de uma tag de primeiro nome que implemente o nome de cada pessoa no e-mail automaticamente.

NÃO quebre a regra CAN-SPAM

Tudo o que você enviar deve incluir um endereço postal válido e uma opção para desativar/desinscrever de seus emails.

Acima de tudo, uma vez que alguém opte por sair, deixe de enviar e-mail para elas.

NÃO envie e-mails sem testá-los primeiro.

Depois de criar seu e-mail, envie uma mensagem de teste para ver como ela aparecerá nas caixas de entrada de seus contatos e verifique se há erros ortográficos ou links quebrados.

Faça as alterações necessárias antes de enviar o email para seus contatos.

Por fim, com este guia e essas dicas em mãos, você pode se sentir mais confiante em começar a usar o email marketing e lançar sua primeira campanha de e-mail marketing para pequenas empresas.

Comece a experimentar ideias de campanhas e faça ajustes com base no modo como o seu público responde.

Você estará bem encaminhado para uma estratégia de marketing por e-mail bem-sucedida.

Fabio Marx
Fabio Marx
Co-fundador e Chief Operating Officer da Marfin, com uma década de experiência em marketing, especializado em construção de canais e tração.

Compartilhe:

Você também pode gostar: