Definição de pauta de conteúdo: Como fazer e Passo-a-Passo

Fabio Marx
Fabio Marx
Co-fundador e Chief Marketing Officer da Marfin, com uma década de experiência em marketing, especializado em construção de canais e tração.

Uma das dificuldades que a definição de pauta de conteúdo encontra quando você começa a fazer pautas é o entendimento de como escrever um pitch de pauta completo e objetivo.

Sendo esse o seu caso, não há o que temer: vamos tirar as principais dúvidas sobre esse assunto. Além disso, vamos mostrar como escrever descrições de pautas para produzir conteúdos incríveis.

A orientação que os redatores web mais recebem ao escrever um texto para marketing de conteúdo é seguir o pitch de pauta à risca.

O objetivo do pitch é explicar uma ideia ou um plano de negócios e, assim, ganhar engajamento e interesse. Isso normalmente para buscar investidores ou parceiros.

Logo, pode-se perceber que a capacidade de executar um bom pitch é fundamental para qualquer empreendedor.

Uma definição de pauta de conteúdo é como se fosse uma “receita” do texto.

É necessário que se leia a descrição com atenção, analise-se a proposta e que todas as informações sejam seguidas atentamente.

Por quê? Para se entender o objetivo, a linguagem, o tom e as informações mais importantes para aquele texto.

Só assim o resultado final cumprirá seu papel e agradará inclusive aos clientes mais exigentes.

A pauta é composta pelo título do artigo, pelo cliente ao qual aquele texto se destina, pela persona e pela quantidade de palavras que devem ser escritas.

Além disso, é englobado o CTA (Call-to-action) a ser utilizado ao final do texto  — links de uma página que levam os usuários a realizar ações, com o principal objetivo de direcioná-los para uma landing page.

Também podem ser incluídos o estágio do funil de vendas no qual aquele texto se encaixa, as referências sobre aquele assunto, a palavra-chave e o mais importante: o pitch de pauta.

O pitch na definição de pauta de conteúdo

Possuir um blog e mantê-lo atualizado com frequência é uma atividade que demanda organização e planejamento ativo.

Como? Com calendário, divisão de tarefas, pesquisa, redação, otimização, revisão e publicação.

O pitch de pauta é o guia de um texto, uma explicação geral sobre a pauta. Ele inclui informações e instruções essenciais para o desenvolvimento de um conteúdo de qualidade.

Com ele, instrui-se o redator sobre qual é o assunto e quais serão os tópicos abordados em um conteúdo.

Alinhar as expectativas do cliente que receberá o texto também faz parte de seu objetivo.

Alguns dos pontos principais aos quais o redator deve se ater estão, nele, contidos:

  • o objetivo e o formato do texto,
  • principal assunto a ser tratado,
  • ramificações desse assunto e informações complementares, como exemplos e aplicações do tema abordado.

Estando essas informações listadas na pauta de forma clara e objetiva, é possível transmitir todos os insights tidos durante a criação das pautas para o redator.

Quanto mais explícita for a intenção, menor será a margem de dúvidas e maiores serão as chances do texto se adequar à estratégia do cliente.

O passo a passo da definição de pauta de conteúdo

Para começar, define-se o tipo e o formato do conteúdo a ser criado. Ele pode ser escrito em forma de lista ou passo a passo? Pretende explicar determinado termo ou ser um texto mais informativo?

São abordagens diferentes. Pense também no tamanho do texto. Por fim, é hora de reunir todas as informações que você buscou na sua pesquisa. Dados sobre referências, sobre o cliente e sobre a persona. Organize-os para escrever o pitch.

Pensando que a pauta é um guia ou uma receita de um texto, preste atenção aos verbos usados para transmitir os comandos. Comandos que o leitor deve seguir para alcançar um objetivo.

Use verbos como: listar, citar, explicar, justificar, descrever etc. Eles são mais objetivos e deixam claro o que deve ser feito com cada informação.

Pense na ação que deve ser cumprida. A partir dela, utilize o verbo correspondente.

Outra boa prática é pensar em como esses comandos se complementam.

Conclusão

Por fim, um pitch de pauta grande não é sinônimo de um pitch de pauta completo e não deve limitar o trabalho do redator.

Evite descrições muito genéricas e incompletas. Descrições que não dão comandos ao redator e só resumem ou introduzem o tema da pauta, sem exemplos dos tópicos a serem abordados, também não são ideais.

Não siga um template pré-estabelecido. Evite, também, descrições que pedem mais informações do que o tamanho do texto comporta.

Um pitch de pauta completo que obedeça o formato proposto para o texto, que reforça o assunto principal que foi estabelecido no título. Que acrescenta outras perspectivas sobre aquele assunto que podem ser interessantes ao leitor. Oferece exemplos com clareza e objetividade… Essa é a receita perfeita para uma pauta de sucesso.

Compartilhe:

Você também pode gostar:

produzir conteúdo para internet
Marketing de Conteúdo
Ivan Cordeiro Junior

5 Formas de Produzir Conteúdo para a Internet

Seja você um criador ou um profissional de marketing, produzir conteúdo para internet deve ser uma tarefa fundamental do seu dia-a-dia. Mesmo que existam diversas formas de se produzir conteúdo